terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Quando a Mariana não sabe o que dizer sobre a situação, é porque realmente a coisa está muito feia pro meu lado...


Don't you see? I'm crying now!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Coração ferido, sem rumo, sem lar...





Pra que me ensinar a voar se eu não tenho asas?

segunda-feira, 21 de novembro de 2011



Vai ficar na memória...

domingo, 20 de novembro de 2011



Never mind, I will find someone BETTER THAN you!

Nostalgia

C: Do you will survive without me?
T: I guess, I will :p
C: Good, i will back tomorow!
T: I'll be here, waiting for you!

Quando me perguntou se eu sobreviveria sem você, não achei que seria para sempre =\

Vagner sobre mim.

sábado, 12 de novembro de 2011

Vagner Gonçalves:  eu conheci Tairane Colen na reunião de crisma e ainda emplicava comigo que obvio ela não concluiu o curso rsrs eAna Paula Hoske desde pequena brincando de pique esconde rsrsrsr oh amizades antigas...e o melhor veradadeira

"O que eu quero, ainda não tem nome."

Quero compartilhar isso com você


I want share it with you <3

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Você sabe qual é a diferença entre as promessas e as memórias? Nós quebramos promessas. E as memórias nos quebram

Minha oração

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Deus, que todos os dias eu sinta borboletas no estomago,
Que todas as vezes que eu me sentir incompleta, eu possa ganhar um sorriso gostoso da pessoa amada.
E sempre que eu tiver motivos para chorar, que me apareça mil motivos pra sorrir.

Que eu sempre me sinta confortável no abraço que foi feito para ser apenas meu e que me cabe perfeitamente bem.
Que as mãos dele sempre me faça massagens macias e que nunca sejam usadas para me fazer chorar.
Que eu seja paciente, amável e carinhosa.
Que eu agrade o meu amado todos os dias, nem que seja ao menos, com um olhar apaixonado.
Que eu seja apenas para meu amado, que ele seja somente para mim.
Que eu saiba dar uma palavra de consolo quando o ele mais precisar e que ele seja um porto para mim.
Que ele seja o céu e as estrelas, e que a imensidão se perca nas reticencias...
Que eu me sinta inteira, e que eu possa sorrir com o coração.
Que eu saiba amar...
Amar, amar, amar...
Sim, quero isso todos os dias.
Amém!

Porque eu fiquei assim... BOBA.
Pena que é passageiro, mas será eterno, enquanto durar...

He could see from my face that I was,
Flying high... <3







James Blunt.

domingo, 28 de agosto de 2011



You make wanna say: I do!

E eu já não vejo, a muito tempo, aquela melancolia que me perseguia. E quer saber? Não sinto saudades nenhuma.

Que eu esteja sempre assim, livre, leve e sorridente.

Meu sol

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

E as nuvens esconderam o sol, por um único segundo... Mas parecia uma eternidade.


Todos já tiveram os seus dias nublados, já se viram aos cacos, já choraram por se sentirem incapazes...
Quantas vezes eu já me peguei fazendo isso? Perdi as contas. Tinha a impressão que os meus dias eram sempre nublados, sempre. Sempre disse que nada dava certo pra mim.
E hoje? Hoje eu sou apenas sol. 
Sou iluminada da manhã até a noite, meus sonhos são abençoados.
Não porque tenha ocorrido um milagre em minha vida, não ganhei na mega sena, não fiz novos amigos...
Apenas redescobri os velhos amigos e senti, talvez pela primeira vez, mas senti o prazer nas coisas simples da vida.
Que eu sempre tenha esse sorriso lindo no rosto.
Amém!

domingo, 21 de agosto de 2011

"Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração… faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo. E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse." Arnaldo.

Mudar de Rumo ;*

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Porque o vento não sopra sempre para o leste, nem o sol fica parado em uma só posição.
E o que é mudar de rumo pra mim?
É me desapegar totalmente daquilo que não me cabe mais. Aceitar o que o destino me reserva, rs (nunca fui de acreditar em destino). Correr atrás do que seja novo, do que seja simples e belo.
Aproveitar ao máximo o meu amor e aqueles que REALMENTE me amam, porque nem todo amigo nos ama, nos quer bem.
Sentir saudades de quem merecer,  rir com quem precise e só chorar de alegria.
E que eu tenha lindas manhãs rosas, que todos os dias eu descubra algo novo, que eu queira sempre o bem as pessoas, que seja amiga, amável, amada.
Amém!





Sempre fui independente...

sábado, 30 de julho de 2011

Nunca gostei de me apegar...


Sempre Livre, Leve, e Solta

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Porque eu acho, sinceramente, que não vale a pena eu me importar com quem não se importa comigo.



Porque  se eu sou sua amiga e a amizade é como uma flor, porque regas todas as outras flores e não se lembra de mim?

sexta-feira, 22 de julho de 2011




Se eu tivesse a força que você pensa que eu tenho, gravaria no metal da minha pele o teu desenho.
Feitos um pro outro, feitos pra durar, uma luz que não produz SOMBRA. ♫

Pourquoi faire ce tas de plaisirs, de frissons, de caresses, de pauvres promesses ?
A quoi bon se laisser reprendre
Le coeur en chamade,
Ne rien y comprendre,
C'est une embuscade.

Porque sempre que eu ouço aquelas músicas, vejo aqueles jogos de futebol, sinto a brisa do mar no meu rosto... Eu me lembro de você, PORQUE SIM, eu ainda me lembro.

Não há o que competir, não há PORQUE competir.

Presa entre o passado e o presente de um coração inquieto.

F.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

E a cada dia bate mais aquela saudade de casa, vontade de férias... Ânsia de viver cada dia como se fosse o último.

Foto "roubada" do blog da Marla de Queiroz
Saudades daquela amiga que já lhe ofereceu colo tantas e tantas vezes, que já gargalhou com você como se só houvesse alegria no mundo, ela também já lhe magoou e vice-versa, mas vocês souberam se perdoar e a aceitar os erros umas das outras.
Saudade daquela risada gostosa que vem do canto da sua casa, saudade das tardes de brigadeiro, das conversas boas na mesa do bar, das loucuras já feitas no verão.
E junto com a saudade sempre vem uma vontade de viver tudo isso e MAIS, bem mais!
E me dá uma vontade de estar com os meus amigos, de vestir a minha melhor roupa, fazer uma linda maquiagem e ser simplesmente feliz!


"Desde que descobrira – mas descobrira realmente com um tom espantado – que ia morrer um dia, então não teve mais medo da vida, e, por causa da morte, tinha direitos: arriscava tudo." (C.L.)

Volta, sapo ;*

terça-feira, 5 de julho de 2011

E quando eu tinha 15 anos, eu sonhava e suspirava esperando o meu príncipe encantado, todo mundo sonha com o seu príncipe, com a sua metade da laranja, a tampa da sua panela, o seu "chinelo velho".
E quando realizamos esse sonho o coração acelera todo dia só de pensar que você vai ver o seu amor, só de ouvir a voz dele no telefone, de olhar aquela foto na cabeceira da cama...
Vemos filmes agarradinhos, comemos brigadeiro e pipoca.
Você dá risada por tudo, pela forma como ele se suja quando come, pela risada gostosa que ele dá no seu ouvidinho, pelas declarações de amor que são sempre melhores que as do filme.
Então, passamos a tarde toda juntos, não enjoamos um do outro e quando um vai embora, começa a rolar aqueles sms na madrugada.
Olha, tudo isso é tão bom, tão gostoso, mas quando você se "acostuma" com o namorado nada disso acontece mais.
EU QUERO QUE O MEU NAMORADO VIRE SAPO DE NOVO!
Por que sonhar não é pecado e eu sinto saudades de quando não tínhamos uma rotina.
Mas continuo te amando cada vez mais ;*

Qualidade de imagem FAIL

sábado, 25 de junho de 2011

Porque estar lá não significa sentir-se realizada. E nada nessa vida é eterno...
                          ...Mas sonhar é o seu maior salto em direção ao infinito!

Amor...

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Porque hoje eu sou só amor.
Mesmo sem saber ao certo se amor é só carinho, ou se é também raiva.

Realmente fico com muita raiva de como você me vence em todos os jogos, fico com raiva de como você consegue ser disperso, fico com raiva quando você sai esquecendo as coisas pelos cantos...
Mas acredito que nessa minha raiva, haja também muito amor. 
Te amo cada dia mais e mais.
E que isso fique registrado aqui para sempre, para que se um dia eu não puder mais te dizer isso, se você sentir saudade venha aqui ler e se lembre no quanto sou feliz ao seu lado.
   

quinta-feira, 23 de junho de 2011

"Mas essa vida é passageira
Chorar eu sei que é besteira
Mas meu amigo!
Não dá prá segurar..."



Clemente Leite Neto, kelé.
E eu fui pega assim, de surpresa. Que surpresa mais desagradável, não gosto dessas brincadeiras de mau gosto que a vida apronta com a gente.
Um dia você está sorrindo, alegrando a vida de todos nós e no outro... você se torna frio.
E todas as nossas viagens legais ao Espirito Santo e a Bahia? Quase toda a minha vida eu viajei com você e agora nunca mais poderei fazer isso. Cadê a graça dessa brincadeira, hein vida?
Me desculpe por todas aquelas vezes que eu lhe disse que estava cansada de brincar e que eu lhe pedi pra ir embora... Me desculpe também por ter me afastado tanto de você e por ter perdido as nossas fotos no tempo...
Nunca mais festas temáticas, nunca mais rio coca-cola, nunca mais você vai ouvir calypso e me torturar com isso; não te verei mais imitar Alexandre Pires ou declarar todo o seu amor a Ivete Sangalo...
Nunca mais ouviremos aquelas músicas (chatas) de Maurício Manieri...
E você não vai mais me puxar pra dançar forró e nem ficar falando no meu ouvido que fulana ou ciclana tem te dado mole.
É meu amigo, muitas dessas garotas agora irão chorar por você.
E eu estava tão acostumada a ver você falar sobre os seus casos de amor...
E agora você não vai mais terminar aquela faculdade de psicologia que você parou na metade, esperando o momento certo para retomar.
Que vida sem graça. Acho até que a vida não ama ninguém, e nós a amamos tanto... Isso é injusto. Ela deveria nos amar e cuidar da gente, assim como você já cuidou de mim e como eu já cuidei de você.
Me desculpe amigo, por ter me afastado de você.
Você significou muito pra mim, te amo!


Eu ainda não acredito e no meu peito sinto tamanha dor...





Reciclagem

sexta-feira, 17 de junho de 2011

E ela acredita em Deus...
Mas havia algum tempo que ela tinha se esquecido dele, chegou até a pensar que ela a tinha abandonado.
Então, para reencontrar a paz interna, ela resolveu fazer o bem as pessoas, resolveu não mais perder tempo se importando se as pessoas vão falar, vão pensar; resolveu também que a vida é tão curta e que ela cuidaria somente da sua própria vida.

Não se importaria mais, se aquela pessoa que lhe puxou o tapete estava lá feliz, sorrindo, ou se aquela outra, que também fez o mesmo estaria triste por ter finalmente encontrado alguém que lhe fizesse provar do seu próprio veneno.
Resolveu se perdoar de todos os seus erros já cometidos, não quis mais esperar o perdão dos outros. As pessoas gostam de guardar mágoas, mas ela quis se livrar de todas elas.
Resolveu reatar laços perdidos com o tempo, com um desentendimento bobo... E também sentiu vontade de se abrir com os velhos amigos.
Conversaram sobre política, filosofia, religião, até que se lembraram das boas épocas de escola.
E ela resolveu não se importar se a velha amiga de sempre não lia sobre Nietzsche, sobre Spencer e nem se quer, sobre Neruda. Mas a velha amiga entendia o sorriso, o abraço, o cheiro.
E ela também resolveu se contar piadas, mesmo que risse sozinha. Resolveu investir em si e fazer um curso de holandês e já planeja a viagem para a Bélgica, onde vai conhecer a terra dos seus antepassados.
E ela ainda quer mudar o curso da faculdade, quer passar em um concurso público, quer festejar, alegrar...
Enfim, acho que ela encontrou o seu Deus.

Para Marla de Queiroz:

Você que me emociona, quando costura com palavras coisas que me vestem tão bem.

O Menestrel - William Shakespeare

sábado, 4 de junho de 2011

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…
E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…
Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.
Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…
Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…
Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.



Porque graças a DEUS  a gente aprende e a nossa vida é feita de aprendizado, amém.

Nostalgia.

E eu ainda me pergunto, o que eu fiz?
Foi por que eu sonhei em me casar? Ou foi porque já tinha planejado a minha mudança? Eu te assustei?
Talvez eu deveria ter ido mais devagar, não ter me jogado completamente e de forma tão intensa.
Mas e se eu não tivesse vivido aquilo tão intensamente, eu não estaria aqui, querendo mais... E talvez isso seria o melhor a se fazer.
Eu deveria não querer, não sonhar, não te idealizar nunca mais, mas é tão difícil e dói tanto imaginar a vida sem você.
Ando me sentindo tão deslocada sem você, tão desprotegida, tão frágil.
Todos esses anos eu tenho sonhado com o dia que poderei lhe dizer tudo isso cara a cara e eu realmente tenho medo de não conseguir, medo de você julgar o rumo que a minha vida tomou e que eu permiti que ela tomasse.
Queria eu poder compartilhar isso com alguém, mas sei que ninguém vai me entender, e novamente me vem o medo de ser julgada.
Porque eu cuidei tão mal do meu querer? Não sei, só sei que voltaria atrás por você.

Amar é Punk

quarta-feira, 18 de maio de 2011


Para o Thiago Verbicário, que é a pessoa com quem eu construo o amor no dia a dia.

Traço Phino

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Em seus traços phinos
tracei teu ser
que encanta e encandeia
numa perfeita sintonia
entre o belo e a essencia tua
morena Colen
a abelha já polinizou teu polen
já tens a beleza da lua
e o brilho da estrela mais bela
inspiração pra qualquer poeta
irradia a luz do sol seu sorriso
todos os versos crêem nisso
Buscas o conhecimento
através das pessoas
e que todas ao seu redor sejam boas
assim como teu semblante ilumina a tudo e a todos
e versa sempre, que teus amigos gostam
a poesia será sempre tua aliada
sob o sol na praia
ou a noite, em lua prateada!


Homenagem do Marcos Pará.
Obrigada, de coração!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

E então, ela se encontrou assim: Eufórica!
Sempre achou que tudo já estava enterrado, longe do seu coração, nunca se imaginou vivendo isto novamente, o combinado não era seguir em frente, sempre? Então porque voltar atrás logo agora? Logo agora, quando tudo já estava tão bem encaminhado?
Mas lá no fundo, bem no fundo... Ela já tinha sonhado com esse dia, mas, ocultava isso até de si mesma.

E agora se vê assim, flutuando, sabendo que o homem a quem ela mais amou na vida, tinha estado no outro lado da linha telefônica, ele não apagou o telefone dela e muito menos ela pensou em fazer isso com o dele; havia um acordo, seriam felizes sem o outro, mas isso não impedia de ter o número na agenda.
Viram que a felicidade só é plena quando se está bem de corpo e alma. Perceberam também que as pessoas erram, mas todo ser humano é assim, não é? Aprenderam a perdoar os inúmeros companheiros que tiveram depois daquele amor, e enfim, descobriram que não adianta o orgulho, não adianta a solidão, se o coração está pedindo por amor.
E que só há uma forma de amar: Sendo humano, se entregando com todas as suas imperfeições e aceitando o que vem do outro.
O amor é simples, somos nós quem criamos obstáculos para ele não crescer.

Devaneios

quarta-feira, 23 de março de 2011

É meus amigos, as vezes você pensa que esqueceu, superou, viveu aquilo intensamente em um passado distante e que hoje consegue abrir a caixinha de recordações e sorrir; mas ai você descobre que não!
Você simplesmente não consegue deixar de sentir aquela dor no peito, não consegue disfarçar a sensação de vazio, nem fazer de conta que não imagina tudo o que não viveu e que poderia sim ter sido vivido.
Quem errou? Você se deu demais e ele de menos? Se precipitaram? Houve cobranças insuportáveis?
Quando você sabe o que é, ao menos pode se cobrar, mas e quando não sabe? Quando a pessoa simplesmente resolve sumir da sua vida, depois de ter jogado inúmeras juras de amor ao vento...

A pessoa lhe dá um gelo, some, faz de conta que você nunca existiu... Mas e o seu coração? Que está sangrando desolado, sofrendo com essa rejeição, que provavelmente não foi a primeira e nem será a última...
Então, nunca espere demais de aguém, nunca deposite a sua total felicidade em alguém.
Ame-se mais.

PS: Isso não foi comigo.